Poeminhas

A todos os maus policiais


Sou um soldado
o Braço Armado do Estado
Sou um soldado
Quanto menos sei, mais condecorado
Sou um soldado
Armado, cego, despreparado
Sou um soldado
Não questiono, pau mandado
Sou um soldado
Cego, surdo e sanguinário
Sou um soldado
Maniqueísta robotizado
Sou um soldado
Sou leal, bravo, sou gado
Sou um soldado
Marionete do poder, alienado
Sou um soldado
O Braço Armado do Estado
Não questiono o certo/errado
Sou apenas
Um soldado

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s