Papo furado, Poeminhas

FFFFF


Tentei me encontrar
sem ver
fui nos poemas
e vi mentiras mentiras
misturadas com meu sangue.

Coágulos do que fui
até anteontem.

Não era isso que queria
mas o que pude
encontrar

eu mesmo: decepção sem ver
desencontro total.

O que me consola é que me desconhecer
é normal.

Um mal comum
entre eu e você.
Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s