Papo furado, Poeminhas

Adolescência


Às vezes
me surpreendo jogando
uns futebóis
com os olhos

os dois
rolando mundo afora
enquanto penso.

Tanta coisa.

Um copo com vinho
tinto, meio frio, tudo isso.

Pego-me no quarto
pensando em você.

Serve The Servants – Nirvana
tamborilado nos dedos.

Particípio passado
do que acreditava
fosse emocionante.

Aos 13 anos.

Tão somente
deitado
sentado
na cama

sozinho
coçando a barba.

Por um átimo.

Um tempo atrás
tudo fazia sentido
nas minhas dúvidas.

É o tempo.

Olho em volta, então.

Levanto,saio.

Troco a noite pelo dia
do lado de fora

e deixo
a adolescência
dormir no travesseiro.

Anúncios
Padrão

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s