Papo furado, Poeminhas

Chacota


Você pode até ler esse poema,
mas ele estará zombando de você
sambando por trás da sua dor,
cuspindo catarro no seu caixão.

E mesmo que pense ter alcançado
a mensagem, ela sempre será um pouco
pior do que até mesmo eu, que escrevi
esta coisa, imagino que seja.

Ele
não tem
ritmo

Ele é
só uma
zombaria

Ninguém mataria por este poema
se soubesse o que se passa em sua cabeça.

Pense nisso.

Leia apenas o que merece que você
leia

E nunca compreenda nada
para não se arrepender.

Depois.

Anúncios
Padrão

Um comentário sobre “Chacota

  1. Arrasou, tirou onda!

    Embora eu não goste da palavra catarro, acho q aqui era justo q ela fosse escrita, até pq, bobagem a minha, não gostar de uma palavra! Ela própria (a palavra) escarra na minha cara…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s