Contos, Papo furado, Poeminhas

Crônica insone


Às três da manhã
acordo tonto.

Tinha dormido bêbado.

E não consigo dormir de novo.

Pego um livro
na estante.

Um do Bukowski.

E passo a ler por horas.

Evitando pensar, mais uma vez.

Dá-me fome, vou à geladeira
e lá está
a última cerveja

vem a calhar com o momento
e a leitura.

O gosto dela
é como o vento resfriado
da madrugada.

Nada mais triste
que a espuma
que se desfaz

a cada gole.

Lá fora, detrás de detrás
dos 400 prédios
tem um mar

que eu costumava
frequentar
quando estava
com ânimo.

E lá está o sol
clareando pouco a pouco
o céu do Recife.

E eu ainda estou aqui
terminando a lata
e lendo outro poema

tentando não pensar de novo.

O céu cada vez mais claro
dá a impressão
de ser cada vez mais alto.

E a cerveja está acabando.

O livro não.

A última lata da geladeira.

Todos dormem
menos eu e os gatos
da rua

e um ou outro vizinho
bêbado.

Leio um conto e tento rir
e rio quando está engraçado.

De nervosismo.

O sol se põe no alto, claro.

E há vozes na rua, agora.

Então eu vou à janela
e penso que ainda

tomarei muitas dessas latas

e lerei muitos desses livros

enquanto o sol estiver
clareando o céu do Recife

observando o mundo correr
daqui do terceiro andar.

O mundo correr e correr
debaixo das minhas tripas.

Anúncios
Padrão

3 comentários sobre “Crônica insone

  1. Identifiquei-me em muito com algumas das ideias desta interessante e bela poesia do meu caro amigo Filipe.
    À noite é quando mais gosto de ler, porque, afinal, o mundo não pára mas é à noite que tudo parece cessar.

    Abraço,

    Carlos Manuel
    (www.olhodocu.com)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s